Canvas de Impacto do Negócio

Uma proposta que pode ser uma boa ideia: Podemos criar uma ferramenta para reduzir o impacto que um novo modelo de negócio pode gerar para um segmento de NÃO-clientes do meu negócio?

Outro dia, lendo uma matéria sobre o Solucionismo Tecnológico, que critica o fato de que as novas tecnologias geram impactos para outros mercados e outras pessoas, me veio uma ideia. Será que não deveríamos pensar desde o começo nos impactos que um negócio pode criar para outros públicos? E se desenvolvêssemos uma ferramenta para tentar uma solução que diminuísse o impacto negativo que um novo negócio pode gerar?

Quando pensamos em um novo modelo de negócio, uma nova empresa, uma nova ideia de negócio, pensamos em um Job To Be Done, no trabalho a ser feito para um segmento de clientes, uma proposta de valor para esse segmento. Para desenvolver uma boa análise, construímos todo o Canvas de Impacto do Negócio, baseado no Canvas criado por Yves Pigneur e Alex Osterwalder. Nele detalha-se toda a área de captura de valor com Parcerias-Chave, Atividades-Chave, Recursos Chave e Estrutura de Custo. Também detalhamos a entrega de valor, detalhando quem é o segmento de clientes que busca a solução criada na proposta de valor, quais canais utilizamos para a proposta de valor chegar até o cliente e o cliente chegar até a proposta de valor, quais canais de relacionamento utilizaremos e como obtemos a receita. Esses são os nove blocos do Canvas de Modelo de Negócio.

Canvas de Modelo de Negócio e Canvas de Impacto do Negócio

Por que não pensar em um canvas que analise o problema criado pelo novo negócio e como reduzir ou anular o impacto gerado por esse novo modelo de negócio? Para isso eu rebati o próprio canvas original para baixo, horizontalmente. O formato é o canvas de modelo de negócio de cabeça para baixo. Na mesma posição central da Proposta de Valor no Canvas de Modelo de Negócio temos o Problema Criado. E depois, completando os nove blocos temos: Segmento de não-clientes atingido, Como se soluciona o problema criado, Receita para a solução, Métricas, Custo Social e Ambiental, Parceiros para a solução, Recursos e Atividades Chave. Abaixo apresento a descrição de cada bloco:

  • Problema Criado: Qual o impacto negativo criado pelo novo negócio ou modelo de negócio? Por exemplo, o café expresso em cápsulas gera capsulas de alumínio ou plástico misturadas com pó de café usado que irão provavelmente para um aterro sanitário. Como resolver ou diminuir este impacto?
  • Segmento de não-clientes atingido: Quem são as pessoas afetadas pelo problema criado pelo novo negócio? Exemplo: Pequenas lojas de bairro são afetadas pelas grandes empresas de comercio eletrônico. Podemos pensar em dois problemas criados e dois segmentos. Os proprietários das lojas (concorrência assimétrica bancada por fundos de investimento que sustentam prejuízos por longo tempo) e os clientes dessas pequenas lojas (falta de opção de lojas locais que mantenham a cultura local). Eventualmente podemos pensar até em problemas causados para os atuais clientes do modelo de negócio. Pense nos clientes de uma mídia social que podem ter problemas de vazamentos de dados e privacidade, por exemplo.
  • Como se Soluciona o Problema: Qual o método em que se vai apostar para solucionar o problema.
  • Receita para Solução: De onde e como vem o dinheiro para solução do problema?
  • Métricas: Qual métrica será usada para avaliar a performance da solução criada para resolver o problema?
  • Custo Social e Ambiental: Qual o custo para resolver o problema criado? Quanto seria necessário para sustentar a solução do problema?
  • Parceiros para a solução: Quem pode me ajudar a resolver o problema que eu criei com o novo negócio? A quem interessaria estar junto, tanto por responsabilidade como por interesse?
  • Recursos: Quais são os recursos necessários para a implantação e manutenção da solução? São necessários equipamentos? Instalações? Quais? Mão de obra especializada?
  • Atividades Chave: da mesma forma que no canvas de modelo de negócio, quais atividades eu tenho que dominar para poder implantar e manter a solução do problema em funcionamento?
Canvas de Impacto do Negócio

Como disse, trata-se de uma proposta e deve ser testada. A ideia é que se possa verificar antes do lançamento de um novo negócio, qual é o seu impacto e como reduzí-lo. Em alguns casos pode ser difícil saber antecipadamente quais impactos negativos poderão surgir, mas normalmente já sabemos quais problemas surgirão. Como exemplo, área que alguém não previu que o uso de patinetes elétricos de aluguel levaria a acidentes com seus usuários? Se previu, como pensou na redução de impacto negativo? Em outros casos podemos pensar da mesma forma. Uma empresa não pode se eximir de um problema que possa, voluntaria ou involuntariamente, estar criando.

Espero que este canvas possa contribuir de alguma forma com seu novo modelo de negócio ou até com o atual. Use à vontade o modelo do Canvas de Impacto do Negócio e me conte quais as suas impressões.

Renato Jannuzzi Cecchettini

20 de janeiro de 2020

3 comentários em “Canvas de Impacto do Negócio

  1. Muito interessante a abordagem. Vem complementar o estudo para implantação de um negócio e auxilia a visão “cradle to cradle” do processo econômico. Antecipa uma solução futura e necessária.

    Curtir

Deixe uma resposta para Ruy Machado Filho Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: