ISSO ESTÁ ERRADO!

Os índices de democracia e liberdade são apresentados por institutos sérios a cada ano. Muito mais importante que analisar em que ponto estamos é analisar em que caminho estamos. Todos os índices que temos disponíveis até agora são do ano de 2019 mas que refletem o período até 2018. Este ano de 2020 teremos os dados de 2019, o primeiro ano do governo Bolsonaro. Os dados costumam ser divulgados a partir do mês de fevereiro. 

Não será nenhum espanto se chegarmos a índices piores do que já estamos. Então me adianto ao que veremos e ouviremos para me contrapor antecipadamente a argumentos que irão surgir. 

1) Ah, mas os institutos são todos de esquerda! 
Não. Temos institutos como o EIU – The Economist Intelligence Unit, o Freedom House, o PEW Research, o Democracy Ranking, o V-Dem Institute da Universidade de Gotemburgo, o WVS World Value Survey, que fazem um trabalho excelente no levantamento dos dados e todos se alinham nas tendências dos países, variando apenas na metodologia de medição da liberdade, do funcionamento do governo e da democracia de cada país. 

2) Ah, a classificação caiu mas isso não quer dizer nada. 
Não. Como disse antes, o que importa mais é o caminho. Vivemos no mundo uma 3a. onda de autocratização. No Brasil não é diferente e digo que isso ficou bastante claro quando chegamos ao 2o. turno nas eleições de 2018. Ali dizíamos que o pior caminho seria uma escolha entre o PT de Lula e Bolsonaro. Ambas eram opções de demolição da democracia, cada um ao seu estilo. O PT sempre se movimentou para restringir o trabalho da imprensa, do judiciário e do legislativo. O mensalão e o petrolão não foram outra coisa que antipolítica. Agora conhecemos Bolsonaro, que antes era apenas um baixo-clero propondo vingança e agora sabemos que é o sinal invertido do PT. Mas não deixou de atacar a imprensa, o judiciário e o legislativo. Na defesa da Lava-Jato, se aproveitou do lavajatismo para criar o bolsonarismo, se apoiando em figuras exóticas que poucos conheciam e surgiram como supra-sumo da limpeza ética. Aí surgiu o bolso-olavo-jatismo, que ninguém sabe lidar com ele pois não tem como lidar. É só mais uma força da antipolítica. Estaremos ainda classificados como Democracia com falhas na EIU. Estaremos ainda classificados como Democracia Eleitoral no V-Dem. Ainda seremos um país livre na Freedom House. Porém teremos descido mais um ou dois degraus. E isso mostra uma direção perigosa que pode virar um tombo nessa escada. E tombo de escada costuma doer, machucar e demorar para se recuperar. 

3) Ah, quem mede isso está chutando.
Não. Não está. Estes índices são levantamentos do funcionamento de governos no mundo todo. Não há outra possibilidade de medição objetiva que não seja essa. Não existe um “hemograma” democrático que não seja esse. O negacionismo em várias áreas como mudanças climáticas provocadas pelo homem, esfericidade da Terra, etc – que são sustentados por apoiadores de ideias autocráticas – tem ajudado a questionar indicadores sérios. Por exemplo, o EIU Democracy Index mede a democracia de um país através de 60 quesitos e um deles é a resposta à seguinte pergunta:

16) O governo está livre de influência dos militares ou dos serviços de segurança?
1: Sim.
0.5: A influência é baixa, mas o ministro da Defesa não é civil. Se o risco atual é muito baixo, mas o país tem uma história recente de domínio militar ou golpes.
0: não

Como podemos responder esta pergunta hoje, se compararmos com governos anteriores?

E ainda esta:

40) Percepção da democracia e ordem pública; proporção da população que acredita que as democracias não são boas em manter a ordem pública.
1: baixo
0,5: moderado.
0: alta

Como estamos neste quesito em relação aos governos anteriores? Como você, no seu íntimo, responde à esta pergunta?

O V-Dem mede a democracia liberal de uma país com base em vários índices mas tentando responder à seguinte questão: “Até que ponto o ideal da democracia liberal é alcançado?”
Como você acha que estamos? Pior ou melhor que antes?

O Índice de Liberdade de Imprensa, do Repórteres sem Fronteiras mede as agressões a reportares e órgãos de imprensa, baseados no imperativo que a imprensa tem que ser livre para apontar os erros de qualquer governo. Ou, a imprensa existe para desvelar aquilo que um governante não gostaria que você tomasse conhecimento. O levantamento é feito através de um questionário que tem perguntas como:

B9
O poder político pressiona os anunciantes para que favoreçam determinados meios de comunicação?
Nota: os anunciantes são empresas, privadas ou públicas, que compram espaços publicitários para promover os seus produtos ou serviços. Sim (1) ou Não (2).

Como estamos em 2019 em relação aos governos anteriores?

Ainda:

C10
Nos últimos 12 meses, constatou as seguintes ações cometidas contra jornalistas por parte do poder político, econômico ou religioso, ou de grupos de interesse a eles relacionados? Qualifique a sua frequência nas escalas correspondentes, em que 0 representa a inexistência deste tipo de ações durante o dito período, e 10 representa uma repetição incessante deste tipo de ações. 
Ações: 
Denegrir publicamente;
Insultar publicamente;
Incitar o ódio;

Como estamos em 2019 em relação aos governos anteriores?

Um desejo que tenho é que negacionistas do retrocesso democrático em que vivemos assumam esse lado. Que passem a dizer “Está bom do jeito que está e não se importa se diminuir ainda mais”. Gostaria que deixassem de dizer que não existe diminuição da democracia. Se passassem a dizer isso ficaria mais claro que se quer algo em detrimento de minorias e que um grupo maior ou mais poderoso deveria ter mais direitos que uma minoria. É melhor se for mais específico, pois em queda estamos. Não há como negar. 

Por fim, não querendo ser visto como o pássaro de mau agouro e sim como alguém que se preocupa com a democracia e a liberdade das pessoas e investiga isso, digo que os números dos índices de democracia e liberdade a serem divulgados neste anos não serão bons e confirmarão sua tendência de queda. Isso é ruim. Não se deve abrir mão da liberdade em troca de bens materiais. Estamos enfrentando no mundo todo uma 3a onda de autocratização que chegou ao Brasil, que só não é pior devido às mãos levantadas que insistem em dizer que isso é errado. Eu levanto a minha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: